(11) 4116-2260 atendimento@leelah.com.br
Escolha uma Página

Como buscar palavras-chave estratégicas para o seu negócio?

por | 2 ago, 2018 | SEO

Buscar palavras-chave certas é a uma das primeiras ações a serem tomadas por quem deseja que um produto ou serviço apareça nas primeiras posições de resultados do Google.

Esse planejamento exige cautela e muito estudo, pois uma palavra muito genérica ou de concorrência muito acirrada pode fazer sua empresa gastar dinheiro e não atingir os resultados esperados.

Ainda está um pouco confuso, não é mesmo?

Neste artigo, vamos explicar como funciona o planejamento de palavras-chave e ajudar você a escolher os melhores termos para o seu negócio conquistar boas posições nos resultados de busca. Vamos lá?

 

Buscar palavras-chave certas vai me ajudar a vender mais?

Claro que sim! Escolhendo as palavras-chave de maneira estratégica você terá mais chances de aparecer para as pessoas que procuram pelo seu produto ou serviço.

Mas, antes de tudo, vamos entender como os resultados de busca funcionam.

O usuário clica no campo de busca de Google e digita uma ou mais palavras relacionadas ao assunto que deseja encontrar. Rapidamente os robôs trazem uma lista de resultados, sendo uma parte de anúncios (links patrocinados) e outra orgânica.

Os links patrocinados (parte superior da página, rodapé e lateral) reúnem os resultados das empresas que fizeram anúncios e pagaram para aparecer toda vez que o usuário digitasse determinada palavra-chave. Baseados no valor dos lances e em uma série de quesitos que avaliam a qualidade do anúncio, os robôs do Google selecionam as empresas que vão aparecer para o usuário naquele momento específico. SAIBA MAIS SOBRE LINKS PATROCINADOS AQUI.

Então, para aparecer nestes espaços, a empresa fez anúncios no Google Ads e está pagando por determinadas palavras-chave. Nós já falamos sobre todo esse processo no artigo “Como investir em anúncios na internet”. Acreditamos que ele vai lhe ajudar bastante!

Logo abaixo dos resultados pagos, ficam os resultados chamados de orgânicos, ou seja, os conteúdos que aparecem sem investimento, por meio de uma seleção de relevância do próprio Google.

Mas como aparecer no Google sem ter que pagar?

Um dos principais pontos é a escolha das palavras-chave dentro do conteúdo de seu site. Então, de forma prática, o seu site precisa responder às buscas feitas pelos usuários.

Quer um exemplo? Vamos supor que você tenha um petshop. Você (ou sua agência de SEO) analisou que um dos termos mais buscados neste segmento é “banho para cachorros”. Baseado nisso, você utiliza o blog do seu site para criar um conteúdo sobre “Qual a frequência ideal de banho para cachorros”.

Este artigo precisa ser escrito com as técnicas corretas de SEO, precisa ser relevante, útil e de qualidade.

Utilizando adequadamente as palavras-chave em seu site, boa parte do caminho para chegar às primeiras posições do Google já está percorrido. Aliado ao conteúdo, é preciso também que seu site esteja adequado às demais exigências do Google, tais como velocidade de carregamento, URLs amigáveis, páginas responsivas, entre outras (VEJA MAIS SOBRE TÉCNICAS DE SEO AQUI).

 

O que fazer para buscar palavras-chave certas?

Explicado como funciona o Google, agora vamos lhe dar dicas importantes de como escolher as palavras-chave certas para o seu negócio:

Defina seus objetivos

O primeiro ponto para iniciar o planejamento de palavras-chave é saber o que se quer atingir. Defina bem seus objetivos e os ramos de atuação quer e precisa reforçar. Tendo essa estratégia bem estabelecida, fica mais fácil saber que tipo de informação o seu público vai buscar para encontrar seus produtos e serviços.

Faça uma lista de palavras importantes

Agora que você já tem seus objetivos traçados, faça uma lista de todos os possíveis termos que possuem alguma relação com o seu negócio. Deixe a criatividade fluir e faça uma relação bem grande. Você verá que alguns termos poderão ser descartados no final e outros serão agrupados, formados novas expressões.

Avalie o volume de buscas e o grau de dificuldade das palavras-chave

Agora, a lista que você fez servirá de base para buscar palavras-chave nas ferramentas digitais, para levantar qual o volume de pesquisas daqueles termos e o grau de dificuldade de posicionar cada uma delas.

Existem algumas ferramentas apropriadas para fazer esse levantamento. Uma delas é o Planejador de Palavra-Chave do próprio Google Ads, dentro da plataforma usada para criar os anúncios.

Por meio do Google Ads, você consegue verificar quais as palavras-chave mais buscadas e sugestões de como as pessoas pesquisas o assunto no Google. Por exemplo: se você tem uma escola de idiomas e quer promover o curso de espanhol, qual palavra-chave você escolheria: “curso de espanhol”, “aula de espanhol” ou “aprender espanhol”?

Usando o buscador do Google Ads, você consegue analisar a média de pesquisas mensal do Google e a concorrência de determinados termos. Olhando o quadro acima, a gente percebe que o termo “aprender espanhol” é o que tem mais buscas por mês: em média 14.800.

Embora seja o termo mais buscado neste segmento, nem sempre a palavra-chave mais buscada será a que mais busca, porque também é avaliada a concorrência (grau de dificuldade para conseguir posicionamento), que neste caso é alta.

Por isso, buscar palavra-chave como “aula de espanhol” seja mais adequado, pois também tem um bom volume de buscas (8.100), porém com a concorrência menor.

Não se esqueça dos termos mais específicos

Ao escolher as palavras-chave relacionadas ao seu negócio, certamente existem termos muito amplos.

Porém, geralmente, o melhor é apostar em termos mais específicos do seu negócio, para atingir exatamente o público que precisa do seu produto ou serviço.

É o que chamamos de “long tail”, ou cauda longa, que corresponde a um termo de duas ou mais palavras, sendo mais detalhado, indo mais direto ao ponto. Por exemplo: a palavra “sapatos” é muito ampla e disputada. Por isso, se você vende calçado só para homens, o ideal é usar palavras-chave long tail, do tipo: “sapato social masculino”, por exemplo.

Dê uma olhada na concorrência

O comportamento dos seus concorrentes pode ser de grande importância para o seu negócio. Quais palavras-chave as empresas que atuam no seu ramo geralmente utilizam? Elas apostam mais em buscas orgânicas ou nos anúncios pagos? Munido destas informações, você pode incluir os termos que vão ajudar você a entrar na linha da concorrência e disputar de igual para igual as primeiras colocações.

 

Como preparar o conteúdo após buscar palavras-chave?

Bom, no caso de links patrocinados, utilize estas palavras-chave no texto dos anúncios e nas páginas de destino. Faça o monitoramento necessário e altere os termos sempre que necessário.

Se a sua ideia engloba marketing de conteúdo, utilize corretamente as técnicas de SEO para que seu conteúdo se torne relevante e apareça nas primeiras posições sempre que um usuário escrever no campo de busca a palavra-chave que você para ranquear o seu negócio no Google.

Ao definir a palavra-chave que norteará o seu conteúdo, faça uma busca no Google e veja quais materiais aparecem nos resultados. Artigos, ebooks, imagens e vídeos vão ajudar você e ter insights de como trabalhar bem o termo escolhido para tornar seu conteúdo qualificado, aparecer nas primeiras posições do Google e chamar a atenção dos usuários.

Anotou as dicas? Então, mãos à obra! Se precisar de auxílio de profissionais especializados, entre em contato com uma consultoria de marketing digital.

Se você gostou do nosso artigo, deixe aqui seus comentários e compartilhe suas experiências com outros usuários que acessam nosso site. Envie também sua sugestão para novos artigos do blog e compartilhe em suas redes sociais. Sua participação é sempre bem-vinda!


Denis Minchiotti

Denis Minchiotti

Entusiasta da internet e tecnologia e MBA em gestão de marketing. É responsável por SEO e sócio da agência Leelah.
Siga no Linkedin


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO