(11) 4116-2260 atendimento@leelah.com.br
Escolha uma Página

SEO para YouTube: veja dicas de como otimizar vídeos

por | 4 out, 2018 | Mídias Sociais

Você sabe que existem técnicas de SEO para YouTube que ajudam a otimizar vídeos e fazer com que eles tenham mais chances de aparecer nas buscas?

O interesse dos consumidores pelos vídeos vem crescendo de maneira tão intensa que não dá mais para nenhuma empresa ignorar essa mídia. Para se ter uma ideia, entre 2014 e 2017, o consumo de vídeos na web cresceu 90,1%, de acordo com estudo do YouTube divulgado em 2017.

No mundo todo, 1,5 bilhão de pessoas logadas acessam o YouTube todo mês e passam mais de uma hora por dia no mobile assistindo a vídeos na plataforma, conforme revelou o relatório YouTube Insights, também em 2017.

Aqui no Brasil, 95% da população acessa a plataforma pelo menos uma vez por mês, sendo que 31% dos entrevistados consideram o YouTube uma fonte de aprendizado.

Por isso, usar vídeos para atrair e engajar o público é uma estratégia poderosa.

 

Como otimizar vídeos utilizando técnicas de SEO para YouTube?

otimização básica youtube
O Search Engine Journal publicou um artigo, assinado por Sam Hollingsworth, reunindo uma série de dicas sobre como otimizar um vídeo no YouTube usando técnicas de SEO.

Essa iniciativa dá ao conteúdo de vídeo mais chance de ser visualizado, tanto na pesquisa do YouTube como na pesquisa do Google, além de outros buscadores, como o Bing.

Sam Hollingsworth comenta em seu artigo que o YouTube permite que os usuários insiram um título, descrição e tags manualmente, escolham uma miniatura e adicionem o novo vídeo à lista de reprodução, porque dessa forma fica fácil para o público encontrá-lo.

Confira as dicas do colunista:

Título

Uma ótima técnica de SEO para YouTube é usar palavras-chave para tenham relação com a intenção do usuário e que correspondem ao conteúdo do vídeo. Não se preocupe em adicionar nomes de marcas aos seus títulos. Simplesmente concentre-se nos elementos mais importantes.

O título é uma das primeiras coisas que os usuários veem quando um vídeo é exibido em uma página, aparece na pesquisa ou é compartilhado nas mídias sociais. Portanto, faça valer a pena!

Para essa pesquisa você pode usar o Google Adwords ou plataformas como o Ubber Suggest para escolher o título mais adequado.

Você só tem cerca de 65-70 caracteres (incluindo espaços) para dizer o que é importante. Sim, o YouTube permite 100 caracteres com espaços, mas as palavras ficarão truncadas, dependendo do local em que estão sendo exibidas.

Descrição

A descrição é outro ponto relevante quando falamos em SEO para YouTube. Ela deve conter palavras-chave, refletir o conteúdo do vídeo de forma atrativa, pois é uma das primeiras coisas que um usuário vê.

Logo, lembre-se de que você está criando uma descrição sobre o vídeo, não um anúncio ou promoção.

Uma descrição de qualidade tem mais detalhes do que um título, mas não deve ser muito longa. Escreva duas ou três frases totalizando 300 caracteres com espaços. O YouTube permite 500 caracteres, mas você não precisa – ou não deveria – usar todos eles.

O texto deve atrair o usuário para assistir ao vídeo, porque as informações fornecidas levam a pessoa a acreditar que o vídeo era algo que estava procurando.

Ah, é bacana incluir pelo menos um link, geralmente para o site da marca ou uma página específica do conteúdo do vídeo. Considero dois links o ideal (um no final da primeira frase e um na última), sempre com foco em fornecer mais informações aos usuários.

Tag

As tags são exclusivas do YouTube e muito úteis para classificar o conteúdo. Use apenas palavras-chave que sejam relacionadas com o vídeo.

Não adicione tags irrelevantes na esperança de obter mais visibilidade, pois você não conseguirá – ou, se fizer isso, só irritará seus espectadores.

As tags ajudam os usuários e o Google (e outros mecanismos de pesquisa) a entenderem melhor o conteúdo de cada vídeo.

Miniatura

Escolher uma imagem atraente para a miniatura é outra questão que também é importante no SEO para YouTube. Evite algo como um slide de título ou qualquer coisa diluída. Dê preferência a imagens fixas que despertem interesse dos usuários e gerem muitos cliques. Não faça nada complicado na tentativa de enganar os usuários.

Lista de reprodução

Use-a para aumentar o alcance e a visibilidade de seus vídeos. No entanto, há pouca ou nenhuma pressão para que os vídeos sejam adicionados às playlists – especialmente de imediato.

Traduções

O YouTube oferece aos criadores de conteúdo a capacidade de traduzir vídeos para outros idiomas. Isso é útil ao publicar conteúdo global destinado a um público internacional ou quando direcionado a um alvo demográfico específico que fala um idioma diferente do inglês.

A maioria das marcas baseadas nos EUA não precisa disso, mas as instruções para traduzir são fáceis de seguir.

Língua

Se você enviar um vídeo em inglês e a maioria ou todos os vídeos estiverem em inglês, selecione “Idioma original” no menu suspenso. Além disso, marque “Padrão para novos envios” para que futuros envios sejam listados automaticamente em inglês. Isso vai lhe poupar tempo.

 

Configurações avançadas

otimização avançada youtube
Sam Hollingsworth lembra que há diversas configurações avançadas de SEO para YouTube. Alguns podem parecer sensatos, outros nem tanto.

Confira quais alterações de configurações avançadas você deve fazer para otimizar o seu vídeo.

Comentários

Embora pareça um presente dos deuses da internet poder desabilitar todos os comentários, isso afetará bastante a visibilidade do seu vídeo. Isso porque eles são um dos sinais usados ​​pelo YouTube para determinar a relevância, a qualidade e a atualização dos vídeos.

Logo, certifique-se de que os comentários são permitidos marcando a caixa.

Direitos de Distribuição

Permitir a incorporação do seu vídeo provavelmente aumentará a taxa na qual ele será compartilhado e incorporado, já que oferece aos usuários a melhor experiência no site. Qualquer pessoa pode adicioná-lo ao site, incluindo uma estação de notícias ou um blogueiro.

Publicar o vídeo nos feeds de inscrições e notificar os inscritos também é uma prática recomendada, já que ajuda o vídeo a ser encontrado e assistido.

Restrições de idade

Os vídeos não devem ter restrições de idade adicionadas, a menos que haja conteúdo explícito que exija isso.

A definição de explícito pode variar de pessoa para pessoa, mas “linguagem vulgar, violência, imagens perturbadoras, nudez, conteúdo sexualmente sugestivo e representação de atividades perigosas ou ilegais” podem valer restrições de idade, de acordo com o YouTube.

Quando a restrição de idade é ativada, todos os espectadores conectados ao YouTube devem ser maiores de 18 anos.

Categoria

Existem diferentes categorias para escolher e ajudar o YouTube a recomendar um vídeo com base em critérios de conteúdo e no comportamento de outros usuários.

A maioria dos vídeos deve ter uma categoria com a qual eles correspondem literalmente, mas se por algum motivo um vídeo não puder ser categorizado facilmente, recomendo usar a tag padrão “Entretenimento”.

Contribuições Comunitárias

A menos que seja parte de um recurso ou campanha especificamente projetada, permitir que os espectadores contribuam com títulos, descrições e legendas traduzidos não é uma prática ideal.

Estatísticas de vídeo

Embora não tenha efeito real na visibilidade geral do vídeo, ative as estatísticas de vídeo na página de exibição quando os espectadores clicarem no ícone de gráfico abaixo do vídeo. Isso pode ser ativado ou desativado, mas normalmente fica ativado.

 

Otimizações adicionais que todos os vídeos devem ter

O colunista selecionou ainda outras otimizações básicas que podem melhorar o desempenho e a visibilidade dos vídeos que você cria. Confira:

Incluir uma call-to-action clara (CTA)

O efeito e o envolvimento de muitos vídeos excelentes terminam quando o vídeo é reproduzido. Não deixe que seja o caso. Ofereça aos espectadores os próximos passos para que eles possam:

– Saber mais sobre o vídeo
– Prosseguir para o seu site e saber mais sobre a marca e o que ela tem para oferecer
– Potencialmente converter como visitante de referência do YouTube.

As anotações do YouTube são uma ótima ferramenta para usar para CTAs.

Não faça vendas exageradas de si mesmo

O YouTube é um lugar para as pessoas se educarem e se sentirem inspiradas. Raramente os usuários estão tentando vender produtos ou até mesmo marcas.

Transcreva seu conteúdo

Isso muitas vezes é negligenciado porque é uma tarefa tediosa e trabalhosa, mas ajuda o YouTube e os mecanismos de pesquisa a entenderem melhor o vídeo e seu conteúdo.

Distribua seu conteúdo

Outra dica muito importante do que se refere a SEO para YouTube é que o conteúdo deve ser compartilhado entre todos os canais sociais, em comunidades e fóruns relevantes para ampliar o alcance.

Também vale a pena patrocinar o conteúdo do vídeo, pois quanto mais usuários observarem, melhor será o desempenho.

Dê o pontapé com conteúdo otimizado e você perceberá a diferença.

 

Por que certos conteúdos se destacam no YouTube?

Lembre-se: há uma variedade de sinais que entram no ranking de visibilidade do YouTube:

Tempo de exibição: quanto tempo o espectador assiste a um vídeo.
Palavras-chave: ilustra relevância para uma consulta de pesquisa.
Assinantes: um canal com cem ou milhares de inscritos terá um desempenho melhor do que um canal com 15 inscritos. Este dado significa que o canal é uma autoridade em determinados tópicos e passa confiança.
Envolvimento: “Gostei”, “Não gostei” e “Comentários” são sinais úteis que ajudam o YouTube, o Google e outros mecanismos de pesquisa a perceberem que um vídeo é digno de mais visibilidade.
Duração do vídeo: o conteúdo do YouTube não precisa ser muito longo. Os usuários devem estar interessados ​​no conteúdo e assisti-lo para obter o valor real dele.

Gostou das dicas que traduzimos e compartilhamos com vocês?

Aqui no blog da Leelah Marketing Digital você encontra uma série de informações para melhorar o desempenho do seu negócio. E se precisar de alguma consultoria de marketing digital, conte conosco!


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, consultora de marketing digital da Leelah e especialista em marketing de conteúdo e Google Adwords.
Siga no Linkedin


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO

WhatsApp chat