(11) 4116-2260 atendimento@leelah.com.br
Escolha uma Página

Resistência ao marketing digital pode levar empresas à venda

por | 9 mar, 2018 | Dicas de Marketing Digital | 0 Comentários

Muitos são os motivos pelos quais existem tantas empresas à venda. Podem ser pelas crises do mercado, problemas financeiros, desentendimento entre sócios, vontade de mudar de área, entre outros.

Porém, há um motivo importante que vamos abordar aqui neste artigo: a resistência ao uso do marketing digital.

As empresas que não acreditam no poder das ferramentas de marketing digital podem pagar um preço muito alto. A queda nas vendas e a fuga de clientes podem ser algumas das graves consequências.

LEIA MAIS: Como vender mais com marketing digital?

Empresas à venda: como o marketing digital pode reverter isso?

Dados da RD Station revelaram que, em 2016, das 16 milhões de empresas existentes no Brasil, apenas 10 mil utilizavam ferramentas de marketing digital. Isso quer dizer que se você faz parte das que ainda não entraram de cabeça nessa poderosa técnica de venda, está perdendo tempo e dinheiro.

Estamos inseridos em uma era altamente tecnológica, e estar na internet é regra básica para as empresas conseguirem vender seus produtos e serviços com mais velocidade e eficácia.

Preciso lembrar ainda que, com a maior facilidade de acesso a desktops e dispositivos móveis, as pessoas estão cada vez mais conectadas e não cessam de pesquisar no Google – um dos maiores buscadores do mundo – os profissionais autônomos e as empresas que oferecem serviços e produtos capazes de satisfazer suas diferentes necessidades.

E, se sua empresa não se fizer presente neste universo, certamente não será encontrada pelos potenciais clientes.

Principais ferramentas do marketing digital

empresas-a-venda-2

Reunimos aqui algumas dicas e também as principais ferramentas de marketing digital que você pode usar para melhorar seus processos de venda e evitar que seu negócio entre para a lista de empresas à venda:

Site e domínio próprios: ter uma página na internet é a primeira coisa que sua empresa deve fazer para marcar presença no Google. Este será o canal pelo qual você fará o primeiro contato com seu cliente, é a vitrine do seu negócio na internet. Em seu site ele encontrará mais informações sobre seu produto ou serviço. Além disso, um site próprio dá credibilidade à qualquer empresa.

SEO: para que seu site e as informações contidas nele apareçam nas buscas que os usuários realizam, algumas regras precisam ser seguidas. Palavras-chave bem escolhidas, textos bem revisados e imagens relacionadas com o conteúdo são algumas delas. Nós já falamos sobre isso e você pode ler o artigo sobre SEO clicando aqui.

Links patrocinados: com um pouco de investimento, seus anúncios podem aparecer primeiro na lista de resultados pagos do Google. Por meio de palavras-chave escolhidas a partir da ferramenta Google Adwords, você pode dar lances e oferecer seus produtos e serviços para quem busca o que você vende. Para saber mais, leia mais em nosso artigo sobre anúncios pagos.

Marketing de conteúdo: essa técnica utiliza conteúdo relevante para atrair e engajar um público desejado. À medida que os potenciais clientes se interessam pelas informações que são divulgadas, maiores são as possibilidades de aquisição do seu produto ou serviço para sanar um determinado problema. Blog e ebook são alguns exemplos de bons canais de marketing de conteúdo.

Inbound Marketing: esta técnica conhecida como marketing de atração tem como pilar o Marketing de Conteúdo. Trata-se de um ciclo de quatro fases – atrair, converter, fechar e encantar – que visa atrair as pessoas e convertê-las em clientes. Além de ser uma estratégia bem mais barata do que o marketing tradicional, o inbound marketing oferece resultados mais efetivos.

Ferramentas de automação de marketing: algumas ações do marketing digital pedem ser otimizadas com a ajuda de algumas plataformas bem completas. Essas ferramentas de automação de marketing são capazes de programar os horários de postagens em blogs e redes sociais, segmentar CRM para melhorar o relacionamento com o público, enviar e-mails de acordo com a jornada de compra do clientes e monitorar os resultados das campanhas.

Percebeu a gama de estratégias que você pode usar para melhorar as vendas e evitar que seu negócio entre para o rol de empresas à venda? Para obter melhores resultados, procure uma consultoria de marketing digital para montar um bom planejamento de marketing digital.

Espero que você tenha gostado do nosso artigo. Deixe sua opinião nos comentários! Envie também sua sugestão de novos temas para o nosso blog e compartilhe em suas redes sociais. Sua participação é sempre bem-vinda!


Denis Minchiotti

Denis Minchiotti

Entusiasta da internet e tecnologia e MBA em gestão de marketing. É responsável por SEO e sócio da agência Leelah.
Siga no Linkedin


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO

WhatsApp chat