(11) 4116-2260 atendimento@leelah.com.br
Escolha uma Página

Entenda o que é growth hacking e como usar esta estratégia na sua empresa

por | 1 nov, 2018 | Dicas de Marketing Digital

Você já deve ter ouvido falar em growth hacking, certo? Se a resposta é não, vamos explicar melhor o que isso significa e como aplicamos esta estratégia aqui na Leelah.

A técnica conhecida como growth hacking se baseia em encontrar oportunidades ainda não exploradas pela empresa ou pelo mercado como um todo.

O profissional que se especializa em utilizar constantemente as técnicas de growth hacking é o growth hacker. Ele precisa dominar dados como ninguém e saber aproveitá-los de maneira estratégica.

Não é à toa que o grown hacking é o tema “queridinho” do momento. Isso porque conhecer as oportunidades ainda não exploradas é um fator que pode contribuir muito para novos caminhos e atrair clientes.

 

O growth hacking e o marketing digital

Ao interpretar os números e informações de mercado, o growth hacker entenderá como anda o desempenho do negócio, identificará as estratégias de venda que ainda não foram usadas – ou não foram aplicadas de maneira correta – e definirá os próximos passos para melhorar as vendas.

Em agências de marketing digital, as técnicas de growth hacking são muito utilizadas, até porque muitas das ações para vender online ainda são inexploradas por boa parte das empresas no Brasil.

Uma das principais referências no mundo em growth hacking é o empresário Sean Ellis. Após trabalhar de maneira bem-sucedida no crescimento de empresas como Dropbox e Eventbrite, ele escreveu o livro Hacking Growth e criou o site GrowthHackers.com, portal que é referência no assunto, ajudando a formar profissionais interessados em usar as técnicas.

Funil do growth hacking

O marketing digital possui diferentes funis de conversão, tudo depende dos objetivos de cada ação. A estratégia de growth hacking também possui um, que leva em consideração o comportamento de compra dos consumidores.

Veja como é o funil de growth hacking, conhecido como AARRR:

Entenda cada etapa:

Aquisição reúne as ações que vão atrair novos visitantes para o negócio da empresa.

Na Ativação, o visitante, após ser atraído, é convidado a dar os seus dados para receber algo interessante oferecido pela empresa, como um conteúdo, por exemplo.

Retenção é considerada a fase de engajamento. Os visitantes aprovam a primeira experiência oferecida pela empresa e continuam o relacionamento com a empresa. Nessa fase entra o chamado marketing de relacionamento.

Na fase da Receita, o visitante passa a gerar faturamento para a empresa, tornando-se cliente. Ele já foi abastecido com conteúdo relevante gratuito e agora paga para receber algo ainda mais diferenciado.

Na etapa da Recomendação, o cliente já criou uma relação sólida com a empresa e passa a recomendar os serviços ou produtos da empresa para outras pessoas direta ou indiretamente.

 

Como aplicar a técnica de growth hacking

Para colocar essa metodologia em prática, é importante que o growth hacking ou o profissional de marketing digital sigam alguns passos. É o chamado ciclo de growth:

Conheça em detalhes cada etapa deste ciclo:

Faça um brainstorm

Após verificar os números obtidos com as estratégias anteriores, reúna a equipe envolvida no projeto e discuta o maior número de ideias possíveis para atingir o objetivo do cliente.

Estabeleça prioridades

Feito o brainstorm, é hora de lapidar as sugestões. Escolha as que mais se conectam com os objetivos a serem alcançados pelo cliente e estabeleça uma ordem, definindo quais ideias serão colocadas em prática primeiro.

Documente tudo

Toda ação de marketing digital precisa ser documentada. É uma maneira de formalizar as ações junto ao cliente e organizá-las na ordem de execução para fazer a devida mensuração dos resultados.

Testes as melhores ideias

Será que as ideias selecionadas surtirão os efeitos desejados? A resposta só surgirá se você testá-las. Mas faça isso em pequena escala, sem demandar altos investimentos, para ver como a estratégia funciona. Estabeleça um prazo determinado para executar as ideias escolhidas.

Analise os resultados para retificar ou ampliar o projeto

Os testes trouxeram bons resultados? Se sim, é hora de ampliar a estratégia. Se não, identifique os erros e faça novos testes até que seja possível aumentar a escala.

Lembre-se que as mais diferentes estratégias de marketing digital podem ser adotadas no growth hacking:

Links patrocinados
SEO
Marketing de conteúdo (isso inclui blog, mídias sociais, newsletters, entre outras ações)

As técnicas de growth hacking precisam de análises minuciosas para que as estratégias sejam bem pensadas e tragam os resultados desejados. Planeje bem, documente tudo, mensure os resultados e ajuste o que for necessário.

Se você gostou do nosso artigo, deixe aqui seus comentários e compartilhe suas experiências com outros usuários que acessam nosso site. Envie também sua sugestão para novos artigos do blog e compartilhe em suas redes sociais. Sua participação é sempre bem-vinda!


Denis Minchiotti

Denis Minchiotti

Entusiasta da internet e tecnologia e MBA em gestão de marketing. É responsável por SEO e sócio da agência Leelah.
Siga no Linkedin


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO

WhatsApp chat